BlogBlogs.Com.Br

04/09/2009

Thanks, Whitney


Já contei que sou viciada em América/Brasil Next Top Model?
Não, né. Nem deveria.
Mas, eu confesso.
Não perco um episódio.
Tem que ser uma coisa muito séria, compromisso inadiável, pra me tirar da frente da televisão na quinta-feira a noite.
Não acompanho nenhuma novela.
Adoro séries policiais, mas vejo apenas quando dá.
O único programa que interfere na minha agenda é a competição de modelos, sejam elas americanas ou brasileiras.
A versão brasileira, então, nem se fala.
Como eu não sou de perder muito tempo com a mesma mania, acredito que daqui a pouco essa obsessão passe.
Taí o CSI, pra provar isso.
Desde o episódio final de temporada dirigido pelo Tarantino que eu não consigo mais assistir.
Enjoou.
Quanto ao ANTM, não sei explicar o que que eu vejo de bom ali.

Não gosto da Tyra (apresentadora), não simpatizo com nenhum dos outros jurados, inclusive a Paulina Porizkova (modelo que substituiu a Twigg nessa temporada) é uma estúpida.
Cheguei a cogitar abandonar à série ao assistir aos jurados chamarem uma modelo de monstrenga durante uma sessão de eliminação.
Tá certo que a moça era uma monstrenga mesmo. Mas não se diz isso pra ninguém. Principalmente num programa de TV. E, mais principalmente ainda, num programa de beleza.
Mas passou uma semana e lá estava eu de novo. Obcecada.
Tá, Maite. Já provaste que não és tão inteligente quanto parece! E agora?
Agora que eu tô aqui pagando de tapada, consumidora compulsiva de reality show, porque ontem foi a final da 10ª temporada americana e, pela primeira vez, a vencedora foi uma modelo tamanho GG.
O que?
Isso mesmo.

Whitney Thompson se destacou desde o início por ter um rosto lindo e... formas avantajadas.
Não sei onde eu andava com a cabeça durante toda a temporada, por que a Whitney não era a minha favorita.
Até o último momento, não acreditei que ela pudesse ganhar.
Mas ganhou.

E, assim como Lizzi Miller, provou que dá pra ser bonita, muito bonita, sem parecer um palito.
Eu continuo ambicionando recuperar minhas formas da pré-adolescência, assim como tem gente que ambiciona um encontro com deus no dia do juízo final.
Sem chances!
Mas a vitória da moça GG num dos programas mais importantes do mundo sobre beleza me deixou a um passo de jogar a caixa de sibutramina no lixo e ser feliz.
Parabéns Whitney. E obrigada.


16 pensamentos:

Laura Peruchi Mezari disse...

Não tenho TV a cabo, então, não sei muito sobre essas séries. (meu único vício é a novela das 9, mas a próxima eu não vou assistir!). Porém, acredito que a vitória da menina de formas avantajadas é um sinal de que magreza não é tudo na vida. Viva!

Mitti disse...

Maite, agora mesmo eu tava enviando um e-mail para um amigo dizendo: to cansada de "ter" que ser magra, de andar de salto, de ter cabelo liso...quero ser obesa mesmo, andar descalço
ahauhauhauhaa

falei com ele tb do peso dos 30 anos, onde meu metabolismo nao ajuda. eu demoro horrores para emgracer.........

mas xá pra lá

mas tb adoro esses programas *-*

assisti agora o Project [putz esqueci como escreve] so sei que são de estilistas...

mas o que eu gostava mesmo era do Extreme Make Over....adoro o Ty.

eeu como vc nao vejo novela e nem posso, pq estudo de noite .

bjoka pra ti Maite

brasildobem disse...

Nossa Maite, não vi a final, mas fiquei surpresa com a vitória da moça, a minha favorita era a moreninha, linda por sinal. Concordo com vc. sobre os jurados serem uns estúpidos, na semana passada chamara a eliminada de "travesti", onde já se viu dizer uma coisa dessas?
Bjs.
Janeisa

Niler Barcelos disse...

Adoro!!

Rose Carreiro disse...

Não conheço o programa, mas só de saber do resultado, já adorei. Porque não adianta, não sei fazer dieta e minhas calças são 38.

Beijos

Sabrina Barcelos Corrêa - Artesanato e Bijuterias disse...

Oi Maitê...
Já assisti alguns episodios de ANTM, mas faz tanto tempo. Na minha época de seguidora as gordinhas não tinham vez. Será uma luz no fim do túnel?
Fica ai pra você algumas dicas de séries...adoreiiii DEXTER e agora estou aficcionada pela True Blood.
Não sei se são teu estilo, mas elas saem um pouco dos glichês e nos fazem pensar em outros pontos.
Abraços

Sabrina Barcelos Corrêa - Artesanato e Bijuterias disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Mitti disse...

selinho pra vc querida

bjoka

Ricardo Chicuta. disse...

Mas é assim mesmo,hoje ganha a moça GG,amanhã a negra,no outro programa a oriental...

Luciana Betenson disse...

Maite, eu também adoro este programa e estava mesmo torcendo pela Whitney. Mas acho a Tyra Banks legal, ao contrário da apresentadora brasileira que é super sem sal e sem carisma. A Tyra tem personalidade!! Enfim, vou te falar, eu bem que queria ser GORDA como a Whitney, hahahahaaa!

Lila disse...

Olá Maite,obrigada pela sua visita!
não assisto esse programa, mas que bom que a ganhadora não foi uma daquelas esqueléticas....rs...
beijos

Anônimo disse...

vsf

disse...

Já é difícil eu assistir TV, acompanhar reality show então, mais difícil ainda ;P
Mas eu to curiosa para ver aquele Temporada de Moda da Capricho!

Beijão.

Maite Lemos disse...

Laurinha,

Realmente, magreza não é tudo na vida, mas, não sei pq, tenho a impressão que vc não enfrenta esse tipo de dilema :P


Mitti,

Tem hora que ser mulher dá uma canseira mesmo, né.
E o Project Runaway é o máximo. O único problema é que tbm passa nas quintas, no mesmo horário do ANTM. Mas eu adoro.
Já o Extreme Makeover não me prende, não. Acho legalzinho, mas dificilmente paro pra ver.


Janeisa,

A negra era linda mesmo.
Mas meio lesada, né.
Eu torcia pra uma russa (ou alguma coisa assim), linda.


Niler e Ricardo,

Valeu pela participação.


Rose,

Ta reclamando de calça 38?
Cala a boca que deus castiga! :P


Sabrina,

Dexter não me agradou, não. Achei meio deprê. Pesado. E tbm não curto muito esse negócio de vampiros. Acho que a culpa é da Stephenie Meyer, que me decepcionou muito.


Luciana,

É verdade, a apresentadora brasileira é completamente insossa. Talvez a Fernanda Mota sirva como modelo, mas como apresentadora é um vexame. Mas isso não me faz achar a Tyra menos grossa.
Pensando bem, a única coisa que me faz a Tyra um pouquinho menos grossa é a tal da Paulina (jurada) que é uma cavala completa. :P


Lila,

Que bom mesmo. Ainda temos uma esperança de sermos felizes.


Rê,

Tbm to curiosa pra ver esse da Capricho. Só to meio perdida. Vi em algum lugar na net, mas nem sei se vai passar na TV e em qual canal.


Bjnhos pra todos!

Fer disse...

http://www.quaseumviral.blogspot.com/

Fer disse...

http://www.quaseumviral.blogspot.com/

Blog Widget by LinkWithin