BlogBlogs.Com.Br

05/06/2008

Carga Perigosa

Sabe aqueles caminhões que trazem em destaque a informação que seu conteúdo é "altamente inflamável"?
Acho que algumas pessoas deveriam ser obrigadas a pintar na testa (ou em algum outro lugar de grande visibilidade) que transportam uma personalidade "altamente irritável".
Trata-se de um tema de Saúde Pública. Não, talvez se relacione com a área de Educação. Não, não, sem dúvida é uma questão de Segurança (dos outros).
Preciso informar (apenas para aqueles que não me conhecem) que eu sou uma destas pessoas.
Exatamente por isso tenho autoridade para falar sobre o assunto.
Não é todo dia mas, com uma frequência razoável, carrego um humor volátil que se dissipa facilmente em contato com algumas substâncias.
Com o passar dos anos aprendi a identificar tais substâncias e procuro me manter afastada delas.
Por exemplo, a menos que eu tenha visto o passarinho verde, não chego perto (menos de dez metros de distância) de gente burra, invejosa, prepotente ou submissa.
São coisas que me fazem mal.
Mas a substância que causa em meu humor a pior de todas as reações é a hipocrisia.
Gente que defende valores que não pratica corrói a minha paciência.
Gente que julga os outros sem considerar suas próprias ações inflama minha ira.
Chegar perto de quem bate no peito afirmando ser aquilo que de fato não é... resulta em explosão, na certa!
Já experimente várias fómulas para controlar a minha indignação perante os portadores destas características, mas a única que se mostrou eficiente foi a distância.
Não precisa nem dizer que existe um fator que me torna ainda mais sensível a estas desprezíveis manifestações do caráter humano. A famigerada TPM.
Responsável por potencializar a minha impaciência, estas três letrinhas acabam sendo acusadas até pelos crimes que não cometeram. E isso me deixa ainda mais irritada do que qualquer outra coisa no mundo, pois não existe nada pior do que reclamar de uma situação que evidentemente se desenvolve da maneira errada e ser indagada se estou na TPM.
Só de pensar já me irrito.
Confesso que, em alguns momentos, ser desse jeito me causa transtorno. Mas, em geral, sou feliz assim. Tenho até orgulho do meu grau de indignação, pois graças a ele seleciono as pessoas que fazem parte do meu círculo de convívio de forma que contribuam para o meu crescimento emocional e acrescentem pontos positivos na minha história pessoal.
Por que do contrário, não vale a pena!

4 pensamentos:

Phil disse...

me sinto o biscoitinho mais cocRante do pacote. ehehhe.

Espaço MoMe disse...

Oi Maite, pois é guria, sou dai...coincidência legal.
Amanhã estreia por aqui o filme,mas confesso que odeio essa euforia e mega fila nos cinemas, vou esperar uns 10 dias para ir assistir, apesar da curiosidade, eu vi a critica, é que não podemos esperar demais, o filme é para quem via assistia a série, mas o fantástico mesmo para mim,são as roupas que elas usam, Beijocas e apareça sempre.

Nanci disse...

manda... manda... manda!
bjos

Fernando Zabot disse...

Será que tenho que usar uma destas placas tambem? Ninguem melhor para responder isso que....amor, me ajuda ai, vai! heheheh

To adorando teu blog, o fer ta viciado (nao sabiamos que escrevias tao bem).

Queria que tu falasse do livro Anjos e demonios, li e achei muito interessante.So uma sugestao.
bejos Tarci

Blog Widget by LinkWithin