BlogBlogs.Com.Br

22/10/09

A Jóia de Medina


Ganhei um presente especial da Simone Miletic do blog Porque minhas opiniões não cabiam na telinha da TV

O livro A Jóia de Medida narra a história de Aisha, conhecida como a esposa preferida do profeta Maomé.
Só por isso, já da pra imaginar toda a polêmica que envolveu o lançamento do livro.
A editora americana detentora dos direitos do livro chegou a cancelar a publicação do mesmo. E na Inglaterra os protestos chegaram ao ponto de incendiar a casa de uma das funcionárias da editora responsável pela publicação da Jóia de Medina no país.
Como eu já disse, tenho medo de manifestações de fé. E, como eu não tenho religião, pra mim, Jesus Cristo, Maomé, Buda, Krishna ou qualquer outra divindade ou profeta se encontram no mesmo patamar.
Merecem meu respeito, despertam a minha curiosidade. E só.

Até uma questão geográfica, a história de Jesus Cristo eu já conheço bem, mas Maomé...
Fiquei super ansiosa pela chegada do livro, esperando o carteiro como criança que aguarda um presente. O que, de fato, era.
Assim que chegou, devorei as mais de 400 páginas em uma semana.
Aisha é envolvente. Sedutora. Cativante pela autenticidade e amor pela vida e por sua condição feminina.
Já o Maomé...
O profeta muçulmano que o romance apresenta parece, sinceramente, alguém confuso.
Um mulherengo de mão cheia, capaz de ignorar suas próprias regras diante das constantes beldades que lhe eram oferecidas em casamento. Tudo dissimulado pelo véu da obrigação política.

Recomendo A Jóia de Medida a todos que se interessem por um bom romance histórico e tenham curiosidade por outras culturas.
Mas, na minha opinião, o melhor fica guardado para o final, quando a autora incita à discussão sobre o tema e passa a bola para os leitores.
E aí? Vamos discutir?

Ah! E, mais uma vez, obrigada @smiletic. Adorei!

3 pensamentos:

Mitti disse...

Poxa muito legal o livro, dá vontade de ler!!

bjoka

Márcia Paula disse...

Oi,
adoro passar pelo seu blog, sempre leio coisas interessantes.Vou ler o livro, com certeza.
Estou deixando um selinho pra vc.
Vá no meu blog, copie e cole no seu.Um beijo!

Alestrela disse...

Nossa! Agora eu fiquei com vontade de ler este livro! mas duvido muito que ele tenha vindo aqui pro Bahrain! aaaaahhhh, qdo for ao Brasil comprarei um! Parece otimo! Aqui, Maome e quase santificado (digo quase pq nao existem santos pra eles). Eu sei que ele se casou com uma menina de 10 anos de idade com a desculpa de que ela era muito pobre e precisava da sua ajuda...desconfio disso. Respeito-o como profeta assim como a todos os outros das historias religiosas de todos os credos, mas nao acho que nenhom deles tenha sido santo...
adorei o post e o livro! Vou comprar qdo puder!
bjuuuu

Blog Widget by LinkWithin